Lixo Marinho

Tema: Lixo Marinho: Como Contribuir para a Redução deste Problema

Ministrante: Fernanda Cubiaco, jornalista ambiental, membro da Associação
Brasileira do Lixo Marinho e atual presidente do Instituto Lixo Zero e
apresentadora da TV Lixo Zero

Público-alvo: educadores, estudantes, profissionais da área ambiental e
demais interessados no tema.

Carga horária: 8 hs.

Nº de vagas: 100 (turma mínima com 20 alunos caso não seja atingido o
curso será adiado)

Data de Realização/Horário: Em data a ser marcada em breve de 09:00 às 18:00 Hs (aulas teóricas), no  “CEFET – CAMPUS MARACANÔ – Auditório 4,  Av. Maracanã, 229 – Maracanã – Rio de Janeiro/RJ

Investimento: ESTE CURSO É TOTALMENTE GRATUITO, Preencha a ficha abaixo para se inscrever



Objetivos: Promover conhecimento sobre o tema, sobre os impactos do lixo marinho pelo mundo e soluções globais e locais que estão sendo tomadas para estancar o problema

Conteúdo Programático: O curso abordará o tema lixo marinho, origem, dimensão e medidas que estão sendo tomadas desde a criação de Politicas Públicas às ações de limpeza de praia promovidas pela sociedade civil e o case De Olho no Lixo.

CONHECER PARA PODER AGIR
1ª ETAPA
LIXO MARINHO
POLUIÇÃO MARINHA
PRINCIPAIS PROBLEMAS CAUSADOS
TIPOS DE LIXO MARINHO
DIMENSÃO DO PROBLEMA GLOBAL

2ª Etapa
EXIBIÇÃO DE UM CURTA – MIDWAY
DEBATE

3ª Etapa
APRESENTAÇÃO DE CASES DE SUCESSO:
ABLM, PROJETO ILHAS DO RIO, WWF BRASIL E DE OLHO NO LIXO, DO VIVA RIO
O De Olho no Lixo considera que para conseguir resultados efetivos diante de um dos maiores problemas ambientais da atualidade – o manejo inadequado dos resíduos e seus impactos – precisa considerar aspectos estruturais (infraestrutura física, operacional e logística) e estruturantes (educação e comunicação para o ambiente, com promoção da arte e da cultura), utilizando metodologias de participação, para a promoção de geração de renda local.
O projeto pretende sensibilizar e envolver o morador da Rocinha, nas questões ligadas ao tema Gestão de Resíduo, incentivando uma transformação na cultura do lixo – um grande problema ambiental -, em cultura do resíduo – onde há valor agregado, com geração de renda, produção artística, comunicação e educação para o ambiente.
Pretende-se, deixar como legado na Rocinha, projetos sustentáveis com utilização de tecnologias sociais, tanto em unidades escolares quanto na comunidade.

Currículo resumido do ministrante:
Fernanda Cubiaco
Jornalista ambiental, com especialização em gestão ambiental e marketing.
Preside o Instituto Lixo Zero e membro do conselho deliberativo da Associação Brasileira do Lixo Marinho
Autora do Blog Bota para Girar
Apresentadora da TV Lixo Zero